ATRAÇÕES

Show Musical

Coletivo Choro na Rua convida

Pedro Miranda e Nilze Carvalho

Coletivo Choro na Rua

O Coletivo Choro na Rua, formado em 2016, tem como lema a prática da roda de choro, para manter viva a rica tradição instrumental do gênero da música popular nascida no Brasil. Sua experiência de improvisação coletiva, domínio técnico e solidariedade musical encanta pela execução magistral dos temas musicais mais emblemáticos do Choro.

 

O Coletivo Choro na Rua é composto por Silvério Pontes, Zé da  Velha, Hamilton de Holanda, Henrique Cazes, Daniela Spielmann, Dudu Oliveira, Luís Barcelos, Alexandre Maionese, Bebe Kramer, Marcelo Caldi, Rogério Caetano, Charles da Costa, Paulão 7 Cordas, Alessandro Cardozo, Netinho Albuquerque e Rodrigo Jesus.

Pedro-Miranda-400px.jpg

Pedro Miranda

Cantor, percussionista, ator, compositor: PEDRO MIRANDA é um intenso artista carioca. Começou a cantar em rodas de samba nos anos 90, em meio à revitalização da Lapa, e dali se projetou.

Já rodou mundo afora e deixou sua marca em discos coletivos, como "O Samba é Minha Nobreza", "Lembranças Cariocas", "Samba pras Crianças" e "Lamartiníadas", além de ter gravado em discos de Gilberto Gil, Mario Adnet, Eduardo Gallotti, João Callado, Antonia Adnet, Roberta Sá e Casuarina.

Por "Samba Original", seu terceiro trabalho, conquistou o Prêmio da Música Brasileira 2017 na categoria Melhor Disco de Samba. Na mesma premiação, recebeu a indicação de Melhor Cantor de Samba.

Nilze-Carvalho-400px.jpg

Créditos: Valéria Martins

Nilze Carvalho

A talentosa Nilze Carvalho é cantora, instrumentista, compositora e produtora.

 

Coleciona apresentações cantando e tocando ao lado de grandes nomes da música popular brasileira e internacional, como: Dona Ivone Lara, Zeca Pagodinho, Jair Rodrigues, Martin ́ália, Monarco, Nei Lopes, Hamilton de Holanda, Elton Medeiros, Dudu Nobre, Zélia Duncan, Roberta Sá, Stefano Bollani, Marvio Ciribelli, Nicolas Krassik, Teresa Cristina entre outros.

 

Com um grupo de amigos, Nilze formou no ano 2000 o grupo Sururu na Roda, eleito o Melhor Grupo de Samba no Prêmio da Música Brasileira 2014. Em 2010 lançou “O que é Meu” CD lançado pela gravadora Biscoito Fino e ganhou em duas categorias no Prêmio Música da Lapa: Melhor CD e Melhor Cantora. 

Youtube_ Canal oficial Nilze Carvalho

https://www.youtube.com/c/NilzeCarvalhoOficial
 

Spotify_ Perfil oficial

https://open.spotify.com/artist/2bKdKvWKErRrUpSrLsDjyH?si=JlAyx32WRtSSo-uL0H-ZgA
 

Instagram_ @nilze.carvalho

Facebook_ Nilze Carvalho II

Show Musical

Grupo Pé de Pitanga convida

Grupo Galocantô

Apresentando a revelação local KARINE

Grupo Pé de Pitanga

O grupo Pé de Pitanga, criado em 2014, tem como tradição apresentar a grandiosidade e a diversidade da música popular brasileira e também preza pela pesquisa e o resgate de compositores de “chorinho”. Possui um repertório repleto de composições de grandes nomes da música nacional, de diferentes ritmos como o choro, samba, bossas, xotes, marchas, frevos e outros estilos musicais do Brasil. O grupo Pé de Pitanga é composto por Felipe Ábido, Vitor Vieira, Joel Monção, Ricardo Maciel e Antônio Rocha.

Grupo Galocantô

O grupo Galocantô começou a partir de uma brincadeira de se reunir para cantar e tocar samba  na rua Joaquim Silva na Lapa toda quinta-feira. Com apoio de Ivan Milanez, baluarte do Império Serrano, esses encontros semanais viraram símbolo de resistência, frequentado por muita gente consagrada como Beth Carvalho, Camunguelo, Renatinho Partideiro, Luiz Carlos da Vila, entre outros bambas. Nesse cenário de resistência e amor ao samba, o que era uma brincadeira se transformou em um trabalho sério com a formação do Galocantô em meados do ano 2000.

Karine400px.jpg

KARINE

KARINE é cantora, compositora e artista independente da cidade de Campos dos Goytacazes. Descobriu sua paixão pela música no colégio e começou a atuar profissionalmente cantando em bares, casamentos, cerimônias aos 16 anos; mas apenas no ano de 2021 conseguiu recursos para realizar o sonho de lançar seu primeiro trabalho autoral. 

Seu EP CAIS, que conta com 4 canções de sua autoria (Cais, Aquarela, Matilha e Vacilar) com grandes amigos compositores, incluindo a presença do consagrado sambista Xande de Pilares, passeia entre os estilos que compõem suas referências da bossa nova, samba e da música popular brasileira e já possui mais de meio de milhão de plays e uma média de 20 mil ouvintes mensais nas plataformas digitais. 

Show Musical

Coletivo Santo Samba convida

Marquinhos Diniz para um tributo a Monarco

Apresentando a revelação local Nega Mari

Inspirado pela tradicional roda carioca da Pedra do Sal, no Rio de Janeiro, o Coletivo Santo Samba nasceu em setembro de 2012, na cidade de Cabo Frio. O projeto Santo Samba visa oferecer um cardápio do melhor da música popular brasileira e fortalecer a formação de novo público, bem como também promover oficinas de percussão e de canto para crianças e jovens de escolas da periferia. O Santo Samba já recebeu como convidados especiais: Mestre Wilson Moreira, Jorginho do Pandeiro, Sombra, Alice Passos, Mariana Baltar, Nina Wirtti, Zé da Velha e Silvério Pontes, Joyce Cândido, Eduardo Canto entre outros.

Marquinhos Diniz

Nascido em berço de Samba, Marcos Diniz é o filho caçula do Mestre Monarco. Faz parte da ala de compositores da Escola de Samba Portela. Conhecido nas rodas de samba como Marquinhos Diniz é o compositor dos seguintes sambas interpretado por Zeca Pagodinho como: Caviar,  Parabólica, Mary Lú, Conflito, Dona Esponja, Dona Encrenca, Pururuca,  Preservação das Raízes, Sururu na feira, Comunidade Carente, O som do  Samba e Simcopado Ensaboado e Mané Rala Peito, O carro do Ovo : Para  Bezerra da Silva ; Medo de Virar Galeto e Cobra Mandada. Muitos intérpretes gravaram os sambas de Marquinhos Diniz, entre eles Almir Guineto, Dudu  Nobre, Reynaldo, Arlindo Cruz e vários outros grandes nomes do samba.

Facebook: MarquinhosDiniz

Instagram: @Marquinhos Diniz

Nega Mari

Cantora de samba, criada em Cabo Frio, e aldeense de nascença (04/04/1991). Quando criança cantava em coral e tocava violino na orquestra da igreja. Participou de campeonatos de karaokê, podiando em todos. Finalista no Canta Cabo Frio 2019 e duas vezes ganhadora do Troféu Rosário Maia (2020/2021), como melhor cantora de samba da região dos lagos. Mãe e defensora dos direitos das mulheres negras, vem lutando para o vocal feminino no samba ser mais reconhecido aqui na região.

Show Musical

Conjunto Choro da Lyra convida O Choro Delas, com Daniela Spielmann, Sheila Zagury e Clarice Magalhães em "Um tributo aos mestres do Choro com um toque feminino"

Apresentando a revelação local Grupo Sou Mais Elas

O Choro Delas

O “Choro Delas” é um tributo aos grandes mestres do choro com um toque feminino. Em um projeto exclusivo para o Festival Benedicto Lacerda, as musicistas  Daniela Spielmann, Sheila Zagury e Clarice Magalhaes com a dolência do choro e a liberdade criativa do jazz e a acuidade da música de câmara, entregam uma performance de sensível e delicada feminilidade ao chorinho. 

Grupo Sou Mais Elas

Unidas pelo amor à música, o grupo Sou Mais Elas foi criado no ano de 2021 em Macaé. Promove o protagonismo feminino na área artística, ao divulgar e fortalecer o cenário do Samba e Pagode Feminino. O  grupo composto por Pamela Oliveira, Clarissa Silva, Evelyn Picaluga ,Janaina Gibson, Kátia Fróes, Laura Andrade, Patrícia Dal Bello, Quezia barbosa,Tatiana Cohen.

Show Musical

Show de Encerramento com a Banda Sinfônica Nova Aurora

Campeã nacional e bicampeã estadual, a Banda Nova Aurora logrou títulos que coroaram a grandeza da música e da cultura macaense.

Em 2006, evoluiu sua formação para Banda Sinfônica Nova Aurora, capaz de interpretar um repertório de maior variedade, riqueza e complexidade musical.

A instituição cultural mais longeva da cidade de Macaé completa 150 anos em 2023, mais um marco em continuidade à sua história plena de glórias e conquistas.